terça-feira, 1 de outubro de 2013

Uma dívida pra chamar de sua

Finalmente contei pra minha mãe que fiz um empréstimo.

Já deve ter alguns meses que peguei dinheiro no banco, só pra não pedir pra ela e admitir que o pior aconteceu: perdi controle das minhas finanças.

Até então, sempre fui a pessoa mais organizada do mundo quando a questão era dinheiro. Sempre coloquei tudo na ponta do lápis porque sempre tive pavor de me endividar. Só pobre mesmo tem essas preocupações, mas eu não tenho nenhum problema em admitir minha condição baixa renda mesmo, então que se dane! Hehehe!

Mas de uns tempos pra cá, o cheque especial já não dava mais conta das contas. E quando precisava fazer qualquer compra de emergência, um mercado que fosse, recorria pro cartão de crédito. Gente, não existe dívida pior que cartão de crédito!

E pra piorar, quando eu encasquetava com alguma coisa, tipo "eu preciso comprar aquele livro novo que saiu" ou "eu estou PRECISANDO de sapatos novos", lá ia eu no primeiro impulso e gastava R$300 numa cacetada só! Aí parcelava tudo e achava que estava tudo certo!

No fim das contas, quando se abateu um momento de lucidez, vi que os juros de um empréstimo seriam mais baixos que os do parcelamento da dívida do cartão. E foi assim que eu me endividei forevermente, graças a minha pobreza somada a minha impulsividade.

O TDAH é normalmente impulsivo e pode acabar se enrolando com orçamento. Claro que eu não culpo o TDAH pelas minhas dívidas, mas certamente a minha impulsividade ajuda muito na hora de fazer uma compra ruim.

Me eduquei já há muito tempo a me perguntar não se eu quero, mas se eu PRECISO. Às vezes, me saboto, dizendo que preciso de alguma coisa que não necessariamente preciso.

As coisas que ativam minha auto-sabotagem são essas, nessa ordem:

1 - Sapatos e bolsas
2 - Livros
3 - Roupas
4 - Maquiagem
5 - Gadgets

E os seus emuladores de auto-sabotagem, quais são?

Talvez você goste de...

Tags

ABDA (4) academia (2) acordar (1) adolescência (1) agressividade (2) álcool (1) alimentação (1) android (1) anjo da guarda (1) ano novo (1) ansiedade (5) antidepressivos (2) apertar dentes (1) aplicativos (2) arte (2) asperger (1) astrid (2) atrasos (1) autismo (1) autoboicote (1) autoconhecimento (1) autosabotagem (1) banho (1) bau (2) bebida (2) benfeitoria (1) benjamin franklin (1) bispo do rosário (1) blog (3) bruxismo (1) bula (1) bullet journal (1) bulletjournal (1) casa (1) causos (1) celular (2) cérebro (4) ciclotimia (1) cocaína (1) colônia Juliano Moreira (1) como eu me sinto quando (1) contato (1) cotidiano (22) cozinha (2) crianças (1) crianças cristal (1) crianças índigo (1) crise (1) dança (2) daniel radcliff (1) dda (1) dentes (1) depressão (3) desatento (3) dgt td (1) dica (1) direito (1) disforia (1) dispraxia (1) distmia (2) distração (3) divagar (1) divaldo franco (1) dívidas (1) dor (1) dorgas (1) drogas (1) efeitos colaterais (3) eleições 2014 (1) escola (1) espiritismo (4) esquecimento (5) estimulantes (1) estrutura externa (3) estudos (2) evernote (1) Exercício (1) exercícios (3) facebook (1) faculdade (1) festa duro (1) foco (1) forbes (1) fórum (1) gardenal (1) gerenciamento de tempo (4) gestor de tarefas (2) google (1) grupo de ajuda (1) gtasks (1) hallowell (2) Hariel (1) harry potter (1) hiperatividade (2) hiperativo (3) hiperfoco (1) Hospício Pedro II (1) impulsividade (1) infância (1) insensata (1) insônia (3) ioga (2) Joanna de Ângelis (1) jogos (1) kátia cega (1) leitura (1) link (2) listas (3) literatura (1) livro (9) loucura (1) lumosity (3) maconha (1) Maksoud (2) mandíbula (1) mau-humor (1) medicação (11) meditação (3) meme (6) memes (1) memória (1) metilfenidato (1) métodos (5) mitos (9) mostra (1) não está sendo fácil (1) neurofeedback (1) notícia (1) o ciclo da auto-sabotagem (1) organização (6) party hard (1) paulo mattos (2) pesquisa (1) Pinel (1) poesia (1) posts (1) Produtividade (1) psicologia (1) ranger dentes (1) reiki (1) relações sociais (2) relato (1) religião (3) resenha (2) rio de janeiro (1) ritalina (7) ritalina com bobagem (1) rivotril (1) rotina (2) russel barkley (1) São Paulo (2) saúde (2) Seminário (2) site (1) sono (2) stanford (1) tarefas (2) tasks. listas (1) tda (1) tdah (18) tdah adulto (7) tdah infantil (3) tendência (1) teorias (1) teste (2) trabalho (5) tv (1) viagem (1) viagra (1) vício (1) vida financeira (1) Vídeo (5) vídeos (1) vugnon (1) yoga (2)