terça-feira, 7 de outubro de 2014

A síndrome da blogueira fashionista

Imagem: Ideias de Menina

Reparo que hoje em dia sinônimo de blogueira é it girl, fashionista, personal stylist, trend setter etc.

Pra ser menina e ser blogueira você precisa estar antenada com a moda, com os esmaltes da semana, com o make das artistas, com a cor do cabelo e o corte mais pedido nos salões.

Tudo o que gira em torno do mundo feminino faz parte do mundo da blogueira.

Mas será que só isso é assunto de meninas?

Imagem: Hysterocracya
Não estaremos nós, mulheres pensantes do século XXI, nos colocando novamente no papel limitado que ocupávamos antes de queimarmos sutiãs e tomarmos anticoncepcional feito balinha?

Esses dias fui ler o blog de uma menina que, supostamente, é uma garota extremamente inteligente e com opiniões incisivas e muito interessantes. Opiniões inclusive sobre aceitação feminina, sobre autoestima e sobre a maléfica indústria da moda e da imagem, que produz cada vez mais bulímicas e anoréxicas infelizes.

Um de seus posts falava muito bem sobre o assunto, porém todos os seguintes falavam sobre o make da moda, o esmalte da semana, as roupas mais fashion. É claro que me decepcionei. Não estaria essa garota inteligente limitando sua área de atuação e pensamento? Já não mostrou ser capaz de escrever sobre assuntos mais profundos? E pior: adaptou-se, então, à própria indústria que critica? Pois se escrever sobre outra coisa, o blog perde audiência e por conseguinte, anunciantes, né?

As blogueiras estão abrindo mão de sua essência e inteligência pra pagar as contas ou, ainda pior, pra serem aceitas nesse mundinho chamado blogosfera.

Quando já sabemos que o que se destaca nesse mundo e em todos os outros ou é o igual que faz melhor ou o DIFERENTE.

E eu não sei vocês, mas eu me atraio pelo desconhecido, ou seja, tudo o que é fora do comum.

Eu gosto de saber qual o make da moda, mas adoro saber das coisas que a gente faz de cara lavada e que nos enchem de prazer e alegria!

Gosto de saber qual tipo de calça está na moda, mas adoro meu jeans basiquinho, que sempre fica bem e me deixa confortável.

Claro que vou procurar saber sobre o novíssimo chá furta-cor, mas não abro mão do meu chazinho de camomila antes de dormir.

Adoro cores diferentes de esmalte, mas é o Renda© de todo dia que me salva quando to atrasada - e Deus sabe como vivo atrasada! AFF...

Revistas de moda são legais e eu as leio, depois de estudar e ler sobre  coisas que me interessam e são verdadeiramente úteis no cotidiano.

No fim das contas, escrever sobre quem a gente é e do que a gente verdadeiramente gosta é o que vale a pena.

"Seja você mesmo e pare de tentar ser todos os outros"
Imagem: Mrs. Nightshade


Trendy é ser você mesma.

domingo, 5 de outubro de 2014

TDAH votando

Um TDAH votando precisa levar uma cola mais do que os outros eleitores, mesmo ele tendo trabalhado como cabo eleitoral de seu candidato nas últimas 3 semanas.
Para votar o TDAH precisa começar a procurar seu título de eleitor com uma semana de antecedência, pra dar tempo de vasculhar todos os locais onde ele acha que o título está - e não está.
Um TDAH votando poderia facilmente protagonizar essa cena:



Avoadinhos, levem suas colas, dignidade e vergonha na cara! 

Vote consciente!

sexta-feira, 3 de outubro de 2014

Fazendo a Kátia Cega



É, avoadinhos... Não está sendo fácil.

É bom eu deixar avisado: quando eu sumo assim, é mal sinal.

Os últimos meses foram um pouquinho complicados.

Eu achava que tava desanimada, muito cansada, trabalhando muito. Mas alguns cenários passaram a se repetir e fiquei preocupada.

Sempre fui muito sociável e festeira. Adorava encontrar com meus amigos pelo menos pra um almoço, um choppinho e uma conversinha boba. Ultimamente nada me tirava de casa! Nem sair pra comer me animava. Virei figurinha carimbada dos deliverys do bairro. Sério, tô até com vergonha, daqui a pouco to batizando o filho mais novo do entregador de pizza.

Estudar era apenas um desejo. Trabalhar, uma tortura.

Não dormia, não comia direito, engordei, minha saúde foi pro saco, fiquei gripada, lesionei a musculatura enquanto...escovava os dentes. Libido era uma piada.



Minha terapeuta finalmente percebeu que eu não estava amadurecendo e sim, entrando em depressão.

Pra piorar, o médico trocou a Ritalina 10 mg pelo Venvanse 50 mg, e a depressão piorou.


O médico trocou a quantidade da medicação anti-depressiva, mas não aguentei nem um dia! 

Aumentei a medicação em um dia super estressante no trabalho e tive taquicardia, formigamento no corpo, moleza, falta de ar e tontura. Não sabia se era o estresse ou o remédio.

A sensação que me deu era de que eu ia morrer. E juro pra vocês, não sou de frescura. Mas como minha fisioterapeuta diz: "Frescura não dói". E eu sentia meu peito e corpo doerem. Perdi alguns quilos nessa brincadeira. (Algo bom tinha que ter, né?! Hahaha!)

Desisti e vi que precisava sair dessa de qualquer maneira, mas sem medicamentos. Qualquer coisa era melhor do que me sentir assim.

Tenho me esforçado pra melhorar: voltei a cozinhar minha própria comida pra poder comer melhor, voltei a comer aos poucos. Primeiro fazia sopinhas de legumes e cremes (era o que eu conseguia comer, mais do que isso me deixava enjoada) e agora já faço carnes, saladas, legumes e cereais normalmente.

Estou voltando hoje pra academia e aos estudos. A ioga já retomei faz tempo.

Estou blogando de novo e minha caixa de e-mails está vazia.

Trouxe trabalho pra fazer em casa e os últimos trabalhos foram bem elogiados pelos meus chefes.

Aos poucos to voltando!

Então, não me aguardem mais, avoadinhos! VOLTEI!

Mas se eu sumir de novo, me gritem! Não é feio pedir ajuda. Feio é a gente se entregar pra tristeza.


Talvez você goste de...

Tags

ABDA (4) academia (2) acordar (1) adolescência (1) agressividade (2) álcool (1) alimentação (1) android (1) anjo da guarda (1) ano novo (1) ansiedade (5) antidepressivos (2) apertar dentes (1) aplicativos (2) arte (2) asperger (1) astrid (2) atrasos (1) autismo (1) autoboicote (1) autoconhecimento (1) autosabotagem (1) banho (1) bau (2) bebida (2) benfeitoria (1) benjamin franklin (1) bispo do rosário (1) blog (3) bruxismo (1) bula (1) bullet journal (1) bulletjournal (1) casa (1) causos (1) celular (2) cérebro (4) ciclotimia (1) cocaína (1) colônia Juliano Moreira (1) como eu me sinto quando (1) contato (1) cotidiano (22) cozinha (2) crianças (1) crianças cristal (1) crianças índigo (1) crise (1) dança (2) daniel radcliff (1) dda (1) dentes (1) depressão (3) desatento (3) dgt td (1) dica (1) direito (1) disforia (1) dispraxia (1) distmia (2) distração (3) divagar (1) divaldo franco (1) dívidas (1) dor (1) dorgas (1) drogas (1) efeitos colaterais (3) eleições 2014 (1) escola (1) espiritismo (4) esquecimento (5) estimulantes (1) estrutura externa (3) estudos (2) evernote (1) Exercício (1) exercícios (3) facebook (1) faculdade (1) festa duro (1) foco (1) forbes (1) fórum (1) gardenal (1) gerenciamento de tempo (4) gestor de tarefas (2) google (1) grupo de ajuda (1) gtasks (1) hallowell (2) Hariel (1) harry potter (1) hiperatividade (2) hiperativo (3) hiperfoco (1) Hospício Pedro II (1) impulsividade (1) infância (1) insensata (1) insônia (3) ioga (2) Joanna de Ângelis (1) jogos (1) kátia cega (1) leitura (1) link (2) listas (3) literatura (1) livro (9) loucura (1) lumosity (3) maconha (1) Maksoud (2) mandíbula (1) mau-humor (1) medicação (11) meditação (3) meme (6) memes (1) memória (1) metilfenidato (1) métodos (5) mitos (9) mostra (1) não está sendo fácil (1) neurofeedback (1) notícia (1) o ciclo da auto-sabotagem (1) organização (6) party hard (1) paulo mattos (2) pesquisa (1) Pinel (1) poesia (1) posts (1) Produtividade (1) psicologia (1) ranger dentes (1) reiki (1) relações sociais (2) relato (1) religião (3) resenha (2) rio de janeiro (1) ritalina (7) ritalina com bobagem (1) rivotril (1) rotina (2) russel barkley (1) São Paulo (2) saúde (2) Seminário (2) site (1) sono (2) stanford (1) tarefas (2) tasks. listas (1) tda (1) tdah (18) tdah adulto (7) tdah infantil (3) tendência (1) teorias (1) teste (2) trabalho (5) tv (1) viagem (1) viagra (1) vício (1) vida financeira (1) Vídeo (5) vídeos (1) vugnon (1) yoga (2)